Featured Posts
Recent Posts

Enem: o que fazer e o que evitar na reta final antes do exame

Porta de entrada para as principais universidades públicas do país, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está logo aí: será aplicado em dois domingos consecutivos, dias 5 e 12 de novembro. A cerca de um mê

s da prova, sentir um pouco de nervosismo é natural, mas os candidatos não podem perder o foco e se desesperar.

“Para algumas pessoas, manter a calma é meditar, para outras, escutar música. O importante é que o aluno mantenha o foco na prova, porém sem deixar de lado suas outras atividades. Ele tem que manter os seus estudos e encarar o exame como uma continuação desse processo”, aconselha o coordenador de Química do Grupo Etapa, João Pitoscio.

Apesar de não existir uma fórmula mágica para se dar bem na prova, os estudantes podem adotar algumas estratégias para essa reta final antes do Enem. Resolver questões dos exames anteriores é fundamental. O ideal é que o aluno realmente simule a situação da prova, com um horário estabelecido para início e término, semelhante ao período de tempo que ele terá durante o Enem.

Nesse caso, o que está em jogo não é o fato de errar ou acertar os problemas, mas a capacidade de permanecer concentrado durante muito tempo. Já que as provas do Enem costumam ser extensas (nos últimos anos, foram 90 questões em cada dia do exame), o aluno precisa estar concentrado, e isso só é possível com treino. “Se ele tem cinco horas para resolver as questões do Enem, pode pegar uma prova anterior e tentar resolvê-la em cinco horas. Isso também vai dando ao candidato resistência física”, explica Pitoscio.

Foque nas provas dos três últimos anos

O Enem é uma prova dinâmica, que vem mudando de padrão ao longo do tempo. Por isso, o aluno não precisa se preocupar em resolver exames muito antigos. Pode focar nos últimos três anos. Assim, ele terá contato com o estilo de prova mais recente.

Evite empacar em um assunto

A um mês da prova, é mais interessante que o aluno use sua energia para revisar os conteúdos e fazer um resumo dos principais tópicos em cada matéria. Focar em um assunto de muita dificuldade poderá fazê-lo perder tempo nas últimas semanas antes da prova. “O aluno vai demorar muito tempo para conseguir adquirir pouco conhecimento naquele assunto. Quando traça uma estratégia mais ampla, tem chance de acertar mais questões, porque a diversidade vai ajudá-lo em vários temas diferentes”, aconselha Pitoscio.

Não esqueça os momentos de descanso

Um erro comum que os alunos cometem é exagerar no tempo de estudo e esquecer os momentos de lazer. É fundamental ter uma rotina equilibrada, que permita ao estudante estudar, descansar e se divertir. “Quando ele percebe que está estudando e não aproveita mais nada, pode parar e relaxar um pouco”, completa Pitoscio.

Fale com a gente

Onde estamos

  • instagram

(11)5851-9642

(11)5851-6558

iesfa@iesfa.com.br

Rua Nova do Tuparoquera, 70

Jardim São Luiz - SP

CEP: 05805-000

2020

logo mkt delivery.png